terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Romeirinha – Acauã Araújo


Olha a estrela do céu
Olha a estrela do mar
O amor tem quatro letras
Poucos sabem soletrar
Viajei pra Juazeiro
Pobreza em romaria
Acendi minha cadeia
Que toda treva alumia
No coração do meu povo
Fiz pouso, fiz moradia
E plantei roça de sonho
No sítio do meio dia
E para ti, romeirinha
Fiz buquê de poesia
Olha a estrela do céu
Olha a estrela do mar
O amor tem quatro letras
Poucos sabem soletrar
O mor não tem cabresto
Sempre corre à revelia
Nem sempre o povo é manso
Fala às vezes rebeldia
Só quem viveu a tristeza
Compreende a alegria
Quem bem sabe do real
Melhor curte a fantasia
Conhecerá a fartura
Quem teve a mesa vazia
As tuas mãos, romeirinha
É candeia que alumia
O meu caminho na vida
Feito luz de profecia
Olha a estrela do céu
Olha a estrela do mar
O amor tem quatro letras
Poucos sabem soletrar

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

VIDE - OS

Loading...