terça-feira, 23 de julho de 2013

O Castigo da Seca - Ary Lobo


Passou o mês de janeiro
E não choveu no sertão
Já é sinal que a seca
Chegou a tomar posição
É o começo do fim
É muita gente sem pão
É raio de sol ardendo
Queimando a face do chão
Aonde o sol faz morada
A chuva não pode entrar
Somente a seca malvada
Reside ali no lugar
Sei que é sofrimento
Sei que é padecer
Vê o açude sem água
E a plantação se perder
O resto você já sabe
Não é preciso dizer

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

VIDE - OS

Loading...