segunda-feira, 24 de outubro de 2011

O Homem de Papel - MILTON MORAES - FORTALEZA


Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
O Homem de Papel
Milton Morais e Vera Gimenez em destaque no cartaz do filme, desenhado por Benício.
Brasil
1976cor98 min
Produção
Direção Carlos Coimbra
Roteiro Ezaclir Aragão
Carlos Coimbra
Elenco original Milton Morais
Vera Gimenez
Ziembinski
José Lewgoy
Teresa Sodré
Género drama
Idioma original português

IMDb: (inglês) (português)
Projeto CinemaPortal Cinema

Milton Moraes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Milton Moraes
Nome completo Manoelito Soares Moraes
Nascimento 4 de setembro de 1930
Fortaleza, CE
Morte 15 de fevereiro de 1993 (62 anos)
Rio de Janeiro, RJ
IMDb: (inglês) (português)

Índice

[esconder]

Manoelito Soares Moraes[1], mais conhecido como Milton Morais (Fortaleza, 4 de setembro de 1930Rio de Janeiro, 15 de fevereiro de 1993), foi um ator brasileiro.

[editar] Biografia

Começou a carreira aproveitando uma carona de uma caravana circense que passou por Fortaleza, mas ela se desfez chegando na Bahia. Ele pegou então um ônibus e foi para o Rio de Janeiro tentar a carreira de ator.

Estreou nos palcos cariocas em 1948 com um espetáculo escrito por Amaral Gurgel. Trabalhou em grandes companhias teatrais com Ziembinski, Paulo Autran e Fernanda Montenegro.

Ficou conhecido por seus tipos malandros, boêmios e despreocupados, refletindo a condição dos marginalizados e da população de classe média baixa. Mas interpretou também outros tipos de papéis, mostrando ser bastante versátil.

No teatro seu maior sucesso foi a montagem de Um Edifício Chamado 200 que ficou anos em cartaz e com a qual viajou pelo Brasil. Na TV seus melhores trabalhos foram nas novelas Bandeira 2, O Espigão e Escalada. Também participou de outros sucessos, como Dancin' Days, a primeira versão de Cabocla, Água Viva, Final Feliz e a minissérie Anos Dourados.

[editar] Atuação artística

[editar] No cinema

[editar] No teatro

[editar] Teledramaturgia

Referências

[editar] Ligações externas

Ícone de esboço Este artigo sobre um ator é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

O Homem de Papel é um filme brasileiro de 1976 dirigido por Carlos Coimbra.

Esse filme teve o título provisório de Volúpia de um Desejo, que consta no cartaz como subtítulo.

Índice

[esconder]

[editar] Sinopse

O repórter policial Carlos envolve-se em tráfico de armas para fazer uma reportagem que lhe aumentasse a fama. Nessa busca, despreza a noiva e se envolve com uma mulher perigosa.

Rodado inteiramente em Fortaleza, trama tem perseguições de carros, assassinatos e lutas[1].

[editar] Elenco principal

Referências

[editar] Ligações externas


Crystal video.png A Wikipédia possui o:
Portal Cinema
Ícone de esboço Este artigo sobre um filme, integrado ao projeto sobre cinema é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

VIDE - OS

Loading...