domingo, 23 de outubro de 2011

BAILE PERFUMADO



Baile Perfumado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Baile perfumado
Brasil
1997cor93 min
Produção
Direção Paulo Caldas
Lírio Ferreira
Roteiro Paulo Caldas
Lírio Ferreira
Hilton Lacerda
Elenco original Duda Mamberti
Luiz Carlos Vasconcelos
Aramis Trindade
Chico Díaz
Género drama
Idioma original português

IMDb: (inglês) (português)
Projeto CinemaPortal Cinema

Baile perfumado é um filme brasileiro de 1997, do gênero drama, com direção conjunta de Paulo Caldas e Lírio Ferreira.

Índice

[esconder]

[editar] Sinopse

Conta a saga real do libanês Benjamin Abrahão, mascate responsável pelas únicas imagens de Virgulino Ferreira, o Lampião, quando vivia no sertão brasileiro. Amigo íntimo de Padre Cícero, Benjamim mascateava pelo sertão e exercitou seu espírito mercantilista convivendo intimamente com o bando de Lampião. Infiltrou-se no grupo para colher imagens e vender os registros do famoso criminoso pelo mundo afora.

[editar] Elenco

[editar] Trilha sonora

A trilha sonora é embalada por Chico Science, Fred Zero Quatro (do Mundo Livre S/A) e Lúcio Maia (do Nação Zumbi), compondo a síntese de tradição nordestina e modernidade que o filme propõe.

[editar] Principais prêmios e indicações

Festival de Brasília 1996

  • Venceu nas categoria de melhor filme, melhor cenografia e melhor ator coadjuvante (Aramis Trindade).

Festival de Havana 1997 (Cuba)

  • Venceu na categoria de melhor cartaz.

Prêmio APCA 1998

  • Venceu nas categorias de melhor trilha sonora e melhor ator coadjuvante (Luiz Carlos Vasconcelos).

[editar] Curiosidades

As imagens foram apreendidas pela ditadura do Estado Novo, e só foram recuperadas no início dos anos 60 pelo cineasta Paulo Gil Soares e seu produtor, Thomas Farkas. Em 1965, eles realizaram o curta-metragem Memória do Cangaço que, ao lado de A Musa do Cangaço (1981), de Humberto Mauro, ajudou a popularizar a figura de Benjamim entre os estudantes nordestinos.

A história é pontuada pelas imagens originais do protagonista, e apenas onze minutos do filme exibem um Lampião bem diferente do herói dos pobres: aburguesado, maravilhado com modernidades como a máquina fotográfica e a garrafa térmica, tomando uísque e banhando-se em perfume francês, além do bando que também ia aos bailes no meio do sertão, daí a origem do título do filme.

[editar] Ver também

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

VIDE - OS

Loading...