sábado, 27 de agosto de 2011

BARBALHA

Verdes Canaviais (Linda Barbalha) Alcymar Monteiro
" Seus olhos verdes são lindos canaviais.
Os seus cabelos são pendões de coqueirais.
As Chaminés dos seus engenhos são reais.
O seu perfume é gostoso demais.
Cheiro de mel que o vento tráz.
Cheiro de mel que o vento tráz.

Cana Kaiana lá do vale da colina,
É triturada na moenda da usina.
Como o pulsar do teu coração menina,
De corpo nú cada vez sempre mais linda.
Desse riacho quero beber!
Nas suas curvas vou me perder!
Nas suas curvas vou me perder!

êêêê...

Menina moça linda Barbalha!
Lábios de açucar beijos de mel!
Agua corrente cristalino véu!
Caldas do tempo pedaço do céu!
Caldas do tempo pedaço do céu!

Clarão de lua, orvalho e neblina!
Fruto da terra, fulôr divina.
De renda ou chita você me fascina!
Fonte da vida mãe da minha sina.
Fonte da vida mãe da minha sina.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

VIDE - OS

Loading...