quarta-feira, 8 de junho de 2011

SÓ PARA LEMBRAR - ATERRO SANITÁRIO FICA EM JUAZEIRO DO NORTE




Este ano o Governo do Estado pretende implantar no Cariri uma série de obras que beneficiarão a região. A promessa de que as obras irão sair do papel beneficiando os municípios do triângulo Crajubar, com a construção da Central de Abastecimento, em Barbalha, do Hospital Regional e do Aterro Sanitário Consorciado em Juazeiro do Norte, que receberá o lixo de nove cidades caririenses.

Depois de disputar a preferência para sediar o aterro, a cidade do Crato não foi escolhida para implantação. Juazeiro do Norte foi indicado depois de uma análise territorial em três áreas do triângulo Crajubar. O Aterro Sanitário Consorciado é a mais recente aquisição do Cariri e será construído no Sítio Popo, em Juazeiro do Norte. Mais oito municípios caririenses depositarão seus dejetos no aterro. São eles: Crato, Barbalha, Milagres, Farias Brito, Santana do Cariri, Missão Velha, Caririaçu e Jardim. A informação é do secretário de Meio Ambiente do Crato Nivaldo Soares.

Para Nivaldo Soares, o aterro sanitário estará localizado em uma área que não agredirá o meio ambiente. “ As proximidades do Sítio Popo é propícia para construção, já que se trata de uma área de solo de base cristalina e impermeável, para evitar contaminação do lençol freático”, informou Soares. O local foi analisado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh), Instituto Chico Mendes, dentre outras instituições.

Ainda de acordo com Nivaldo, o aterro sanitário consorciado é um grande ganho para a região caririense por não se tratar de um lixão, e sim, de um equipamento com gestão qualificada e capaz de absorver todo o lixo não reciclável, que será empilhado em valas tecnicamente preparadas.

O Governo do Estado contratou o Instituto para Desenvolvimento de Consórcios (IDC) que vai apontar os requisitos necessários para começar a obra. Depois do projeto executivo pronto, serão abertas as inscrições para o processo licitatório de construção do aterro.
O projeto executivo de instalação dos aterros sanitários no Ceará é de 2005. Os critérios estão sendo reavaliados para possíveis alterações. Os órgãos ambientais do Estado e as secretarias municipais do meio ambiente de Juazeiro do Norte, Crato e Barbalha concordam que o aterro sanitário do Cariri deve ser instalado no Sitio Popo, fazendo limite com Sítio Leite, em Juazeiro do Norte.

O prefeito de Farias Brito, Vandevelder Francelino (PSDC), concorda com a forma consorciada, pois segundo ele, individualmente não é possível obter sucesso na condução do lixo urbano. Já o prefeito de Caririaçu, Edmilson Leite (PSB) aceita o aterro no triângulo Crajubar, desde que os municípios menores recebam ajuda de custos para transportar os resíduos.

O prefeito do Crato Samuel Araripe (PSDB) foi eleito o presidente da comissão do Consórcio Municipal para Aterros Sanitários (COMARES). A comissão tem como objetivo, elaborar os estatutos que vão reger a operacionalidade do aterro e cuidar de todas as atribuições ligadas à educação ambiental. O prefeito de Farias Brito, Vandevelder Francelino, foi nomeado vice-presidente da comissão.

Segundo o assessor de imprensa da Secretaria de Cidades do Estado, Marcos Henrique Camelo, as obras dos aterros sanitários consorciados serão entregues até 2010. A construção do Aterro está inserida no Programa Cidades do Ceará, que vai construir 12 aterros sanitários em todo estado. Os recursos para construção de cada unidade são avaliados em R$ 4 milhões.

Fonte:Jornal do Cariri

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Wikipedia

Resultados da pesquisa

Seguidores

VIDE - OS

Loading...